Análise de Guaraní-PAR 0x2 Cruzeiro – 30/03/2011 – Libertadores

Pela 5ª rodada do Grupo 7 da Libertadores, o Cruzeiro passou sufoco em Assunção contra o Guaraní-PAR, mas saiu com os três pontos e segue líder de seu grupo.

O Cruzeiro jogou como um time, na Libertadores da América, deve jogar. Sem dar chances ao adversário, o time celeste segurou a posse de bola, marcou a saída de bola, dando um exemplo de entrosamento entre os jogadores. Só precisaram de 17 minutos de jogo para Wallyson conseguir tocar para Montillo, que espetacularmente passou para Thiago Ribeiro, de primeira no canto esquerda, abrir o placar para o Cruzeiro!

Crédito: AFP PHOTO/Norberto Duarte

Mas após o atacante Wallyson perder um gol impressionante, o Cruzeiro esfriou um pouco, se acomodou, e o Guaraní pressionou muito, fazendo o Fábio trabalhar com duas defesas espetaculares. O primeiro tempo terminou assim; sufoco paraguaio, time celeste jogando muito mal, marcação deixando a desejar, mas com o placar azul e branco. Até aí, 1×0 Cruzeiro!

O time celeste entrou sem alterações. Realmente. A marcação celeste não melhorou e assim favoreceu o Guaraní a assustar algumas vezes e fazer o goleiro Fábio trabalhar novamente. Aos 21 minutos, Cuca fez duas alterações para reforçar a marcação no meio de campo e melhorar a qualidade do ataque: Wellington Paulista e Everton entraram no lugar de Wallyson e Roger, respectivamente.

Com as alterações, acredito que o apoio no meio de campo melhorou um pouco, mas o ritmo de jogo diminuiu dos dois lados. Mesmo com uma pequena melhorada o Cruzeiro não atuou bem e teve muitas dificuldades para chegar ao gol. Para melhorar o ataque, Ortigoza entrou no lugar de Thiago Ribeiro.

Aos 47 minutos do segundo tempo, Ortigoza recebe um bom passe de Pablo e manda para o fundo do barbante! E assim terminou a partida! Cruzeiro 2×0; Thiago Ribeiro e Ortigoza! Segue o vídeo com os melhores momentos da partida:

Mesmo com essa vitória, o Cruzeiro não jogou bem. Contra o time que não marcou pontos na competição, o time celeste sofreu bastante pressão dentro de campo e não conseguia se encontrar em campo. Muitas oportunidades aconteceram mas foram desperdiçadas principalmente com o atacante Wallyson, que para mim, foi um dos piores jogadores da partida.

Mas os três pontos vieram. Com essa vitória, o Cruzeiro segue líder do Grupo 7 da competição. Com o empate entre Estudiantes e Tolima na noite dessa quarta, foi confirmada, matemáticamente, a classificação do time argentino e do Cruzeiro para as oitavas de finais.

COMENTE O QUE ACHOU DA VITÓRIA CELESTE!

Anúncios
Esse post foi publicado em Libertadores da América e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Análise de Guaraní-PAR 0x2 Cruzeiro – 30/03/2011 – Libertadores

  1. fabrico da silva disse:

    sem comentário pra mim nao importa ganha ou perde sou apaixonado por esse time

  2. Rafael Rabelo disse:

    Apesar de não ter feito um bom jogo, o ESTRELADO segue como o favorito para mais uma conquista das Américas.
    » VamoCruzeiro «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s